Quando fui me desenvolvendo e galgando cargos mais altos, como executiva dentro de uma multinacional, ser mulher e ocupar um cargo elevado na hierarquia da empresa era quase sentir-se como um ser alienígena.

“Será que seguro a onda de enfrentar esse desafio?”, era uma das perguntas que eu me fazia diariamente ao ser colocada frente um desafio.

Aproveitando o mês dedicado às mulheres, faço uma reflexão sobre como a “síndrome da impostora” pode nos prejudicar.

Muitas vezes, somos confrontadas com tarefas que estão destinadas exclusivamente aos homens. Isso acontece muito em posições de liderança e destaque dentro das empresas, o que aumenta a sensação de desconforto.

Minha dica para driblar essa situação é: foque nos resultados e faça com que seu desempenho seja incontestável. Esqueça o entorno e esteja atenta ao que realmente interessa.

Acesse o Youtube, inscreva-se no meu canal Regina Nogueira e assista o programa Personal Re-Branding para receber outras novidades e dicas.

Facebooktwittergoogle_pluslinkedin